FTR PED 11 WEBpng.png
perturbações fala formaterapia janeiro 2022.png
curso esgotado.png
lista espera formaterapia.png

INTRODUÇÃO

 

As perturbações dos sons da fala podem ser multifatoriais, sendo que as componentes muscular, dentária, esquelética e funcional devem sempre ser consideradas no momento da avaliação para uma adequada definição do plano terapêutico. Um conhecimento dos mecanismos e sistemas de produção da fala permitem uma visão mais abrangente do processo, assim como determinar uma etiologia mais específica das alterações, com consequente definição de um diagnóstico diferencial mais efetivo. É fundamental para os Terapeutas da Fala conhecerem estes mecanismos e sistemas, saber avalia-los de forma adequada e elaborar um plano de intervenção onde as componentes dentárias, esqueléticas, articulares e musculares são consideradas.

CORPO DOCENTE

ricardo-santos-removebg-preview-2.png

 

 

RICARDO SANTOS

  • Licenciado em Terapia da Fala pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto.

  • Mestre em Ciências da Fala e da Audição pela Universidade de Aveiro.

  • Especialista em Terapia e Reabilitação.

  • Doutorando em Ciências e Tecnologias da Saúde na Universidade de Aveiro.

  • Prática clínica na área das alterações orofaciais desde 2005.

  • Exerce no Hospital Privado da Trofa e Hospital CUF Porto, integrando equipas de ORL, Medicina Dentária, Medicina do Sono e Imagiologia.

  • Professor Convidado do Curso de Licenciatura em Terapia da Fala na Escola Superior de Saúde (ESS-IPP).

  • Professor Convidado em Mestrados e Pós-Graduações nas áreas da Motricidade Orofacial, Ciências da Fala, Ortodontia e Cirurgia Ortognática, em Universidades nacionais e internacionais.

  • Inúmeras apresentações orais em eventos científicos nacionais e internacionais, na área da motricidade orofacial.

  • Publicações em revistas científicas e em livros de resumos de congressos.

  • Quatro prémios de Mérito Científico na área da Motricidade Orofacial.

  • Membro do Executive Board da Academy of Applied Myofuncional Sciences (AAMS) e da Comissão Científica da Sociedade Portuguesa de Dor Orofacial e Disfunção Temporomandibular (SPDOF).

OBJETIVOS

No final do curso, os formandos terão desenvolvido as seguintes competências: 

  • Identificar casos de perturbações da fala com origem musculo-esquelética e relacionar as suas componentes;

  • Avaliar casos de perturbações da fala com origem musculo-esquelética;

  • Definir o plano de intervenção de perturbações da fala com origem musculo-esquelética.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

  • Análise dos processos de produção de fala em casos de perturbações de origem musculo-esquelética;

  • Diferentes metodologias de avaliação (funcional e instrumental) de forma complementar para uma melhor compreensão das alterações da fala;

  • Metodologias e procedimentos de intervenção em casos de alterações de produção de fala de origem musculo-esquelética.

DATAS E HORÁRIOS

 

29 de janeiro de 2022

09h às 18h

DESTINATÁRIOS

 

Terapeutas da Fala e alunos finalistas da Licenciatura em Terapia da Fala.

VAGAS

 

30 vagas

LOCAL

Os formandos receberão link para a reunião online, em live streaming, cerca de uma semana antes da data de realização do curso. 

online-streaming-logo-live-video-stream-

INVESTIMENTO

75€*

Inclui formação online (live streaming), manual do curso em PDF e certificado DGERT.

Pagamento de 100% no ato da inscrição ou em duas prestações de 50%: a primeira aquando da inscrição e a segunda até uma semana antes da data de realização do curso. No caso de pretender sugerir um plano de pagamento alternativo, envie-nos um email para info@formaterapia.com.

*Desconto de 10% para grupos de 5 ou mais inscrições.

 

NOTAS

 

  • O critério de seleção dos candidatos é a ordem de receção das inscrições.

  • A sua inscrição só será válida se nos enviar o comprovativo de pagamento e a cédula profissional/diploma de curso.

  • No caso de desistência, o valor pago apenas será reembolsado no caso da vaga ser preenchida.

  • A Formaterapia reserva-se o direito de cancelar o curso no caso de não obter um número mínimo de inscrições.

  • A realização do curso será confirmada na semana seguinte à do termo do prazo de inscrições.

lista espera formaterapia.png