insc espera.png

INTRODUÇÃO

 

O atual aumento da população idosa com aumento da esperança de vida poderá ser encarado como um sinal positivo de melhoria dos cuidados de saúde e das condições de vida das pessoas. Porém, também constitui  um problema a vários níveis, pois muitas destas pessoas vivem os seus últimos 10-15 anos de vida com várias doenças associadas, muitos com perda significativa de funcionalidade e autonomia, e de qualidade de vida relacionada com a saúde, consumindo elevadíssimos recursos humanos, financeiros e outros e com enorme impacto social.  

A  Fisioterapia no idoso e no “ultra-idoso” (>80 anos), nas suas mais diversas áreas de intervenção (músculo-esquelética, neurológica, cardio-respiratória entre outras) representa atualmente um desafio para os fisioterapeutas. A evidência que existe atualmente para a intervenção no adulto ou idoso, não pode ser extrapolada diretamente para os “ultra-idosos”, recrutando assim competências acrescidas a estes profissionais que não podem olhar o idosos como “um adulto anquilosado nem como uma criança velhinha” !

É importante que o Fisioterapeuta tenha em conta que, para além de uma avaliação criteriosa que permita identificar corretamente os problemas, é preciso ter a capacidade de medir bem os riscos presentes ou potenciais, tanto decorrentes do agravamento das co-morbilidades como outros decorrentes da sua intervenção, e que só assim pode intervir em segurança e tranquilizar a restante equipa da segurança da Fisioterapia, mesmo em situações de algum risco.

Este curso permitirá ao Fisioterapeuta formando adquirir competências para avaliar corretamente, estabelecer um diagnóstico em Fisioterapia e aplicar técnicas de tratamento de forma correta e segura.

CORPO DOCENTE

 

 

ANA MENEZES

  • Fisioterapeuta respiratória em contexto hospitalar (HEM/CHLO-1990/2008), em particular em contexto de Cuidados Intensivos, e em contexto domiciliário (1990/atual). 

  • Atualmente é docente na ESSA Alcoitão (desde 2016) onde também é responsável pedagógica e docente do Curso de Pós-graduação em Fisioterapia Respiratória. 

  • Anteriormente foi docente na Universidade Atlântica (2002/2016), e coordenadora do Curso de pós-graduação em Fisioterapia Respiratória da Universidade Atlântica (2008/2015).  

  • Formadora a nível nacional desde 1996, em cursos de mestrado, pós-graduações e de curta duração nas áreas de fisioterapia respiratória e fisioterapia em cuidados paliativos.   

  • Vice-presidente do GIFCR da APFisio  (2009-2014); Atualmente é Presidente do GI de Fisioterapia em Cuidados Continuados e Cuidados Paliativos da APFisio (GIFCC/CP).

PAULO ABREU

  • Fisioterapeuta e Clinical Development Manager do AIR Care Centre-Reabilitação Respiratória da Linde Saúde (desde 2013).

  • Fisioterapeuta em contexto hospitalar (Hospitais de Setúbal, Curry Cabral e Cascais) entre 1986 e 1998, predominantemente na área respiratória em internamento (UCI, cirurgia, medicina, pediatria - Setúbal e Cascais) e ambulatório. Apoio aos fins-de-semana no Hospital Fernando da Fonseca-Amadora na UCI Pediátricos e Neonatais (2008-2018).

  • Professor a tempo integral na ESSAlcoitão (1998-2008). Docente convidado da ESSALD-IPCB (2010-2019), da ESTeS Lisboa (1991-96), da ESS-IPS (2008-11) e ESSLeiria (2012-13).

  • Formador a nível nacional na área da Fisioterapia Respiratória desde 1997.

  • Presidente do Grupo de Interesse em Fisioterapia Cardio-Respiratória da APFisio (1999-2014).

OBJETIVOS

 

O objectivo deste curso é ministrar conhecimentos teóricos e práticos sobre a avaliação e tratamento de Fisioterapia de pacientes idosos com disfunções ao nível respiratório. 
No final do curso, os formandos estarão aptos a intervir no âmbito da Fisioterapia Respiratória nesta faixa etária, tendo desenvolvido as seguintes competências:​

  • Compreender os principais fundamentos que sustentam a prática da fisioterapia respiratória na população idosa;

  • Aplicar as técnicas de avaliação e de tratamento, neste âmbito e em completa segurança;

  • Sustentar a sua intervenção num sólido raciocínio clínico.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

  • Fundamentos da Fisioterapia Respiratória

  • Alterações fisiológicas relacionadas com o envelhecimento. 

  • Patologias respiratórias mais comuns no idoso.

  • Co-morbilidades e factores de risco.

  • Problemas que podem ser melhorados pela fisioterapia respiratória. 

  • Avaliação e Monitorização em Fisioterapia Respiratória

  • Exame subjetivo, exame físico, outros testes. Monitorização da intervenção. Registo.

  • Prática de exame físico e outros testes.

  • Técnicas de intervenção

  • Técnicas de remoção de secreções (não-instrumentais e instrumentais) 

  • Técnicas ventilatórias (não-instrumentais e instrumentais)

  • Treino dos músculos respiratórios

  • Posicionamento e exercício físico. 

  • Prática de técnicas de avaliação e intervenção.

  • Raciocínio clínico.

  • Evidência científica.

  • Análise e discussão de casos clínicos.

DATAS E HORÁRIOS

 

05 e 06 de setembro de 2020

05 de setembro: 09h às 19h30

06 de setembro: 09h às 17h30

DESTINATÁRIOS

 

Fisioterapeutas

VAGAS

 

24 vagas

LOCAL

 

Hospital Particular do Algarve - Alvor

Sitio Cruz da Bota Lote 27, Estrada de Alvor, Alvor 

8500-322 Portimão

INVESTIMENTO

 

210€* 

Inclui manual do curso, certificado DGERT e coffee breaks

Pagamento de 100% no ato da inscrição ou em duas prestações de 50%: a primeira aquando da inscrição e a segunda até uma semana antes da data de realização do curso. No caso de pretender sugerir um plano de pagamento alternativo, envie-nos um email para info@formaterapia.com.

*Desconto de 10% para grupos de 5 ou mais inscrições.

 

NOTAS 

 

  • O critério de seleção dos candidatos é a ordem de receção das inscrições.

  • A sua inscrição só será válida se nos enviar o comprovativo de pagamento e a cédula profissional/diploma de curso.

  • No caso de desistência, o valor pago apenas será reembolsado no caso da vaga ser preenchida.

  • A Formaterapia reserva-se o direito de cancelar o curso no caso de não obter um número mínimo de inscrições.

  • A realização do curso será confirmada na semana seguinte à do termo do prazo de inscrições.

Dado o clima de instabilidade criado pela pandemia de Covid-19, a realização do curso dependerá, também, de:

  • Alterações das recomendações Direção Geral de Saúde, Direção Geral do Emprego e Relações do Trabalho e das autoridades de saúde do país de residência do(a) formador(a);

  • Motivos de força maior (cancelamento de voos ou doença do(a) formador(a), por exemplo).

Haverá a possibilidade de o curso ter que ser lecionado em regime de B-Learning, com componente online e presencial.

Desaconselhamos a reserva de alojamento ou viagens sem possibilidade de reembolso. 

No caso de o curso ser reagendado, e de o aluno não demonstrar disponibilidade em frequentar o curso nas novas datas, o formando poderá optar por frequentar uma edição posterior do curso, manter o crédito para outra formação à sua escolha ou solicitar o reembolso total do montante pago. 

insc espera.png

Política de Privacidade

Termos e Condições

Regulamento de Formação