A eletrólise percutânea é uma técnica de Fisioterapia Invasiva que consiste na aplicação ecoguiada de uma corrente galvânica através duma agulha de punção, que produz um efeito analgésico ao nível de tecido mole músculo-esquelético, bem como um processo inflamatório local que facilita a fagocitose e a reparação do tecido afetado. 

O curso de Eletrólise Percutânea Músculo-esquelética Ecoguiada (EPM) é a formação mais completa (60 horas), avançada e pioneira nesta área. Neste momento, é lecionado em Espanha, Portugal, Holanda, Chile e Brasil, e está a espandir-se por outros países. A formação inclui uma descrição completa das bases da eletrólise e sua aplicação percutânea de forma ecoguiada para todas as estruturas do aparelho locomotor (tendão, músculo, bolsa sinovival, ligamento, fáscia, cápsula, nervo e periósteo). Para garantir segurança e efetividade máximas, é essencial que estas técnicas se apliquem com ecógrafo, pelo que a frequência de um curso prévio na área da Ecografia Músculo-esquelética é um requisito prévio (mínimo de 30 horas).

FERMIN VALERA

  • Fisioterapeuta Especialista em Fisioterapia Invasiva e Fisioterapia no Desporto.

  • Prática clínica no Real Madrid C.F. e na MVClinic (Madrid).

  • Doutor "Cum Lade" com menção da Asociación Española de Fisioterapeutas e Consejo General de Colegios de Fisioterapeutas.

  • Co-Diretor e Coordenador do Mestrado em Fisioterapia Invasiva da Universidad CEU San Pablo (Madrid).

  • Professor de cursos pós-graduados em diversas universidades e centros de formação em Espanha, Holanda, Portugal, Chile e Brasil.

  • Membro do Grupo de Investigação em Eletrólise Percutânea Músculo-esquelética.

  • Co-autor dos livros "Fisioterapia Invasiva" e "Advanced Techniques in Musculoskeletal Medicine and Physiotherapy using minimally invasive therapies in practice", publicados pela Elsevier.

  • Profesor de la Facultad de Enfermería y Fisioterapia CEU San Pablo (Madrid).

  • Fisioterapeuta de diversos atletas de clubes como Atlético de Madrid, Zaragoza, Getafe, Leganés, Rayo Vallecano, Recreativo de Huelva, Fuenlabrada CB, Azkar Lugo, tenistas ATP, World Padel Tour, Corella Ballet, Compañía de María Pagés, María Juncal, Ballet Nacional de España.

FRANCISCO MINAYA

 

  • Fisioterapeuta Especialista em Fisioterapia Invasiva e Fisioterapia no Desporto.

  • Doutor "Cum Lade" pela Universidad de Múrcia.

  • Coordenador do Mestrado em Fisioterapia Invasiva da Universidad CEU San Pablo (Madrid).

  • Professor de cursos pós-graduados em diversas universidades e centros de formação em Espanha, Holanda, Portugal, Chile e Brasil.

  • Membro do Grupo de Investigação em Eletrólise Percutânea Músculo-esquelética.

  • Co-autor dos livros "Fisioterapia Invasiva" e "Advanced Techniques in Musculoskeletal Medicine and Physiotherapy using minimally invasive therapies in practice", publicados pela Elsevier.

  • Profesor de la Facultad de Enfermería y Fisioterapia CEU San Pablo (Madrid).

  • Prática clínica privada na MVClinic (Madrid).

  • Fisioterapeuta de diversos atletas de clubes como Atlético de Madrid, Zaragoza, Getafe, Leganés, Rayo Vallecano, Recreativo de Huelva, Fuenlabrada CB, Azkar Lugo, tenistas ATP, World Padel Tour, Corella Ballet, Compañía de María Pagés, María Juncal, Ballet Nacional de España.

MARCELO PEREIRA

  • Licenciado em Fisioterapia pela Universidade Fernando Pessoa.

  • Mestre em Fisioterapia no Desporto pela Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto.

  • Especialista em Eletrólise Percutânea Músculo-esquelética pela Universidad de San Jorge (Zaragoza, Espanha).

  • Doutorando em Fisiologia na Universidad de Valencia (Espanha).

  • Professor Assistente de Eletrólise Percutânea Músculo-Esquelética Ecoguiada.

  • Prática clínica privada na Fisioon - Fisioterapia e Saude Integral (Amarante e Santa Maria da Feira) .

O objectivo deste curso é ministrar conhecimentos teóricos e práticos sobre a intervenção com Eletrólise Percutânea Músculo-esquelética Ecoguiada em diferentes disfunções músculo-esqueléticas.

No final do curso, o formando terá desenvolvido as seguintes capacidades: 

  • Conhecimentos sobre os princípios biológicos e fisiopatológicos das técnicas de Eletrólise Percutânea Músculo-Esquelética.

  • Conhecimentos e capacidade de aplicação da metodologia de intervenção de Fisioterapia Invasiva Eletrólise Percutânea Músculo-esquelética..

  • Capacidade de aplicação das técnicas de Eletrólise Percutânea Músculo-esquelética em diferentes estruturas de tecido mole do aparelho locomotor, integrando a evidência científica disponível com a pratica clínica.

  • Integrar a Eletrólise Percutânea Músculo-esquelética no modelo de intervenção e raciocínio clínico da Fisioterapia em condições músculo-esqueléticas.

  • Conceito de Electrólise Percutânea Musculo-esquelética (EPM).

  • Presente, passado e futuro das técnicas de Electrólise Percutânea Musculo-esquelética (EPI®, EPTE®, MEP® etc.).

  • Lesões do sistema músculo-esquelético. Processos de reparação e regeneração de tecidos moles. 

  • Bases e fundamentos biológicos das técnicas de EPM.

  • Evidência científica e clínica das técnicas de EPM.

  • Princípios de tratamento com técnicas de EPM:

      - Indicações;

      - Contra-indicações;

      - Consentimento informado;

      - Efeitos adversos e precauções;

      - Cuidados e seguimento pós-intervenção. 

  • Metodologia de aplicação de técnicas de EPM em tecidos moles do aparelho locomotor (tendão, ligamento, músculo, fáscia, cápsula, nervo e periósteo:

      - Posicionamento do utente e do Fisioterapeuta;

      - Material necessario;

      - Avaliação e seleção do tecido por cenografia (modo B, Power Doppler, elastografia, modo panorâmico, 3D-4D);

      - Descrição da abordagem anatómica e elogiado (eixo longo "in plane", eixo curto "out of plane", oblíquo);

      - Medidas e procedimentos de segurança;

      - Descrição de procedimentos ecoguiados;

      - Eletrólise Percutânea Elastográfica;

      - Técnicas de aplicação isoladas;

      - Técnicas de aplicação combinada (alta voltagem, microcorrentes);

      - Parâmetros de dosificação.

  • Tratamento de tendinopatias com técnicas de EPM: 

      - Tendões da coifa dos rotadores e supra-espinhoso;

      - Tendão da longa porção do bíceps;

      - Tendão comum dos epicondilianos;

      - Tendão comum dos epitrocleanos;

      - Tendão do curto extensor e longo abdutor do polegar (tenossinovite de Quervain);

      - Tendão comum dos adutores e longo adutor da coxo-femural (pubalgia);

      - Tendões rotuliano e quadricipital;

      - Banda iliotibial;

      - Tendão poplíteo;

      - Tendão comum dos isquiotibiais;

      - Tendão de Aquiles;

      - Tendão do tibial anterior.

  • Tratamento de lesões da bolsa com técnicas de EPM:

      - Bolsa subacromial;

      - Bolsa quadricipital;

      - Bolsa retrocalcânea;

      - Bolsa retroaquiliana.

  • Tratamento de lesões ligamentares com técnicas de EPM: ligamento colateral medial do joelho e ligamento lateral externo do tornozelo.

  • Tratamento de lesões musculares agudas com técnicas de EPM: reto femoral, isquiotibiais, gémeo interno, solear, longo adutor.

  • Tratamento de pontos gatilho miofasciais com técnicas de EPM:

      - Trapézio superior.

      - Infraespinhoso;

      - Braquiorradial;

      - Grande glúteo;

      - Médio e pequeno glúteo;

      - Psoas maior;

      - Longo adutor;

      - Quadriceps;

      - Gémeos - solear;

      - Tibial posterior;

      - Abdutor do hálux. 

  • Tratamento de lesões musculares crónicas com técnicas de EPM.

  • Tratamento da síndrome compartimental crónica com técnicas de EPM.

  • Tratamento de retrações capsulares, alterações fasciais e problemas sinoviais com técnicas de EPM:

      - AMT;

      - Retração capsular do joelho; 

      - Impingement femoroacetabular;

      - Fáscia plantar;

      - Cicatrizes; 

      - Gânglios sinoviais;

      - Quisto paramensical / Quisto de Baker.

  • Tratamento de síndromes neurodinâmicos compressivos com técnicas de EPM: nervos mediano, radial e ciático - síndrome do piriforme e neuroma de Morton.

  • Tratamento de lesões do periósteo com técnicas de EPM.

  • Protocolos de EPM e bioregulação tecidular.

  • Mecanotransdução. Estimulação mecânica pós-intervenção. Treino funcional excêntrico. Controlo e optimização da carga.

07, 08 e 09 de setembro + 14, 15 e 16 de setembro + 12, 13 e 14 de outubro de 2018

6ª fª (07.09, 14.09 e 12.10): 15h - 20h

Sábados (08.09, 15.09 e 13.10): 09h - 20h

Domingos (09.09, 16.09 e 14.09): 08h30 - 13h30

Fisioterapeutas

Pré-requisito obrigatório: frequência de curso de Ecografia Músculo-Esquelética de 30h (mínimo)

26 vagas

Centro de Formação da Formaterapia | Grande Lisboa

Urbanização Quinta da Parreirinha

Rua Amália Rodrigues, 24, 1º Dto.

2695-063 Bobadela

990€ (inclui manual do curso, certificado DGERT e 12 coffee breaks)

Pagamento de 100% no ato da inscrição ou em 3 prestações:

1ª Prestação: 330€ no ato da inscrição

2ª Prestação: 330€ até 10 de junho

3ª Prestação: 330€ até 10 de setembro

 

No caso de pretender sugerir um plano de pagamento alternativo, envie-nos um email para info@formaterapia.com.

 

O critério de seleção dos candidatos é a ordem de receção das inscrições.

A sua inscrição só será válida se nos enviar o comprovativo de pagamento e a cédula profissional/diploma de curso.

No caso de desistência, o valor pago apenas será reembolsado no caso da vaga ser preenchida.

A Formaterapia reserva-se o direito de cancelar o curso no caso de não obter um número mínimo de inscrições.

A realização do curso será confirmada na semana seguinte à do termo do prazo de inscrições.

Política de Privacidade

Termos e Condições

Regulamento de Formação